Dieta do metabolismo lento

dieta do carboidrato

Seque 4kb em uma semana

Metabolismo é o conjunto de reações quimicas responsáveis pelo processo de síntese e degradação dos nutrientes na célula. Cada organismo gasta uma quantidade de calorias suficiente para manter suas funções. Este valor é denominado taxa de matabolismo basal.

Para saber a quantidade de calorias gastas durante o dia é preciso avaliar fatores como peso, idade, sexo e nível de atividade física com a ajuda de um profissional. “Cada indivíduo possui um gasto diferente e precisa de energia e uma forma exclusiva para emagrecer, ganhar peso ou manter o atual“, explica Roberta Silva, nutricionista.

Como fazer a dieta do metabolismo lento

A dieta do metabolismo lento é para ser realizada ao longo de 8 semanas. No entanto, você já pode perder até quatro quilos nos primeiros sete dias. Para que funcione, é necessário alternar os dias de consumo dos carboidratos.

Nas duas primeiras semanas, você pode comer carboidratos na quarta-feira e no sábado. Já na terceira, quarta e quinta semanas, terá apenas o domingo para consumir carboidratos à vontade.

Nas últimas semanas (sexta, sétima e oitava), escolha apenas um dia para comer carboidrato, menos domingo. Essa alternância fará com que a dieta funcione corretamente.

A seguir, confira o cardápio de uma semana. Ele pode se repetir nas outras, alternando apenas o dia de consumo de carboidrato. “Escolha o carboidrato que mais lhe agradar“, sugere a nutricionista Juliana Silveira.

Cardápio de uma semana com a dieta do carboidrato

Segunda, terça, quinta e sexta-feira

Café da manhã: 1 copo de leite desnatado (200ml) e uma fatia de pão do tipo integral.
Lanche da manhã: castanha-do-pará (20g).
Almoço: salada à vontade temperada com sal e limão e 1 filé de frango com queijo tipo muzzarella.
Lanche da tarde: uma taça de iogurte de frutas de sua preferência.
Jantar: salada à vontade temperada com sal e limão e uma omelete com 3 ovos.

Quarta-feira e sábado

Café da manhã: 1/2 pão francês com uma fatia de queijo tipo muzzarella, uma fatia de presunto ou peito de peru com 1/2 copo de leite desnatado
Lanche da manhã: 3 bolachas de sua preferência
Almoço: duas colheres (sopa) de arroz, com 2 colheres (sopa) de feijão, duas colheres (sopa) de carne moída e salada à vontade temperada com sal e limão.
Lanche da tarde: 1 taça de iogurte de sua preferência.
Jantar: uma omelete com 3 ovos e presunto

Domingo

Café da manhã: 1/2 copo de leite destantado (100ml), com uma fatia de pão integral, uma fatia de queijo tipo muzzarella e uma fatia de presunto magro.
Lanche da manhã: uma banana assada com canela
Almoço: 2 colheres (sopa) de macarrão ao alho e óleo, 1 filé de frango grelhado e salada com sal e limão a vontade.
Lanche da tarde: castanha-do-pará (20g).
Jantar: salada à vontade temperada com sal e limão e 1 filé ou posta de peixe.

Dieta Viking

Emagrece mais que os outros regimes

dieta viking

Vem de países como Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia e Islândia o cardápio que ajuda a perder peso – até três vezes mais do que uma dieta convencional – e ganhar saúde. Trata-se da Dieta Viking, composta por 80% de grãos, legumes, verduras e frutas vermelhas, e 20% de carnes, como peixes, frutos do mar e carnes magras, como a de alce, para os povos nórdicos, e sardinha para nós. O cardápio é natural, orgânico e prioriza produtos locais, da estação e de cultivo ecológico. “Eles são ricos em antioxidantes, com poucas calorias e sem gordura saturada. Os integrais saciam e ajudam o funcionamento do intestino”, diz a nutricionista Roseli Ueno, que adaptou um cardápio para a nossa realidade.

Alimentos do regime que veio de longe

Conheça os tipos de alimentos que fazem parte do regime, descubra porque eles ajudam a emagrecer s são saudáveis

  • Muitos vegetais:
    destaque para o brócolis, couve flor e repolho. “Esses vegetais liberam as toxinas acumuladas nas células de gordura e elas são expelidas nas fezes e na urina”, explica a nutricionista Karen Schlösser.
  • Vegetais de raiz, como cenoua, nabo, beterraba:
    São fontes de carboidratos, que dão energia, e também têm vitaminas de sobra. Muito mais nutritivos e saudáveis que uma pratada de macarrão, por exemplo.
  • Óleo de canola
    É um dos itens que diferencia a Dieta Viking da Dieta Mediterrânea, que defende o azeite de oliva. “Em geral, a canola é um alimento transgênico e já está provado os benefícios do azeite de oliva na diminuição do colesteros ruim e do risco de doenças cardiovasculares”. Avalia Karen.
  • Peixes:
    Como salmão, bacalhau e arenque. Esses peixes são ricos em ômega-3, gordura boa que ajuda a reduzir o colesterol ruim “LDL” e tem ação anti-inflamatória. “Aposte na sardinha e na anchova”, indica
  • Frutas vermelhas:
    Por aqui vale apostar em frutas como morango orgânico, acerola, amora e açaí (apesar de mais calórico): elas contêm propriedades anti-inflamatórias, favorecendo a perda de peso.
  • CAstanhas, nozes e amêndoas:
    Fontes de gordura boa, dão a sensação de saciedade. Modere o consumo, pois são calóricao – o que faz sentido em países frios, mas não no Brasil.
  • Grãos integrais:
    Como centeio e aveia. As fibras desses alimentos retardam a velocidade com que o açúcar é absorvido pelo organismo. Isso evita picos de glicose e o acúmulo de gordurinhas.

Detalhes do regime que valem a pena saber

O que dizem os cientistas:

  • Uma pesquisa realizada pela universidade de Copenhague, na Dinamarca, mostrou que voluntários que seguiram a dieta nórdica por seis meses, perderam em média, 4,7 kg. No entanto, quem seguiu um cardápio convencional, eliminou em média 1,5 kg no mesmo período. Tem mais: a pressão arterial do grupo da dieta nórdica baixou.
  • Segundo uma pesquisa da Universidade da Finlândia Oriental, investir em peixes, frutas, vegetais e cereais integrais diminuiu os riscos de quem está acima do peso. Apostar no cardápio nórdico reduziu a taxa de genes que causam inflamações no corpo relacionadas a doenças crônicas, como diabetes, pressão alta e depósito de placas de gordura nas artérias.
  • E se você não mora nos países nórdicos…
    Uma das essências da Dieta Viking é privilegiar alimentos locais, orgânicos e de acordo com a estação, o que favorece também o bolso. Então, nem precisa rodar a cidade arás do último mirtilo. Segundo Roseli, esse regime tem o típico cardápio que ensina a comer de forma saudável: defende alimentos naturais e sem química, evitando-se os industrializados e com aditivos, outro princípio da dieta. “Quer perder peso gastando pouco dinheiro? Coma alimentos da época. Além de ter menos química, são mais saborosos e suculentos”, afirma.

Cardápio Viking à brasileira

A nutricionista Roseli Ueno criou um cardápio inspirado nos princípios da Dieta Viking para você emagrecer até 2 kg por semana.

  1. Primeiro dia:
    Café da Manhã: uma xícara de leite desnatado com café; 6 morangos com uma colher (sopa) de aveia;
    Lanche: uma laranja;
    Almoço: 1/2 prato com brócolis e couve-flor no vapor e salada de pepino, duas colheres (sopa) de arroz integral, duas colheres (sopa) de feijão e 1 filé de anchova grelhada.
    Lanche: uma castanha-do-pará e 1 iogurte desnatado.
    Jantar: 1 prato fundo de sopa de legumes com abóbora, chuchu e repolho picado e 1 filé de frango desfiado.
    Ceia: uma cícara (chá) de camomila e uma fatia de queijo branco fresco
  2. Segundo dia:
    Café da Manhã: 1 copo de vitamina com 4 morangos, uma mação pequena e uma colher (sopa) de goji berry.
    Lanche: uma banana.
    Almoço: 1/2 prato com cenoura e repolho refogados e salada de rúcula, alface e tomate, duas colheres (sopa) de arroz integral, 2 filés de sardinha ao molho de tomate.
    Lanche: quatro castanhas-de-caju e 1 iogurte desnatado.
    Jantar: duas fatias de pão integral, com atum light, cenoura e pepino ralados com uma colher (sobremesa) de requeijão light.
    Ceia: uma xícara (chá) de camomila e uma pêra pequena.

Dieta Dunkan: Emagreca sem abrir mão de nada

Perder peso com calma e sem fazer grandes restrições era algo até então improvável para quem desejava seguir o clássico Método Dukan. Só que agora o médico nutrólogo Pierre Dukan desenvolveu um método alternativo. A Escalada Nutricional (Ed. BestSeler, R$ 39,00), em que a cada dia da semana um novo grupo de alimento é incluido no cardápio. O regime começa na segunda e termina no domingo, com uma refeição de gala. Depois é necessário começar tudo outra vez. O que diferencia o método clássico do atual? Além do processo de emagrecimento, a quantidade de quilos a perder – de 5 kg a 10 kg. Este é o seu perfil? Então comece a emagrecer agora.

mariscos

Segunda-feira

Este é o dia só da proteina. Você come os alimentos abaixo o quanto quiser e a qualquer hora – mas só eles, combinado?

Alimentos autorizados:

  • Carnes magras, como vitela e boi (exceto o entrecosto e a costela do boi), grelhados ou assados, sem adição de gordura;
  • miúdos (fígado e língua);
  • todos os peixes crus ou cozidos;
  • frutos do mar (crustáceos e mariscos);
  • todas as aves, sem pele (exceto pato e ganso);
  • presuntos magros, peito de peru, frango e porco magros;
  • ovos;
  • proteínas vegetais (tofu, hamburgueres de soja ou vegetais, leite e iogurte de soja ou vegetais, leite e iogurte de soja);
  • laticínios magros (iogurtes e queito branco com 0% de gorgura).

Mais opções

  • café;
  • chá;
  • chá-verde com pimenta-de-caiena;
  • vinagre;
  • condimentos;
  • ervas;
  • especiarias;
  • picles;
  • limão (só como tempero)
  • sal e mostarda (ambos com moderação)

Lembrando que como toda dieta visa não somente emagrecer para ter uma boa aparência, mas também para manter uma saúde em perfeito estado, neste primeiro dia é necessária uma caminhada de 20 minutos para ajudar também a queimar as calorias e melhorar o condicionamento físico.

legumes

Terça-feira

A novidade: legumes crus ou cozidos sem restrições (até satisfazer a fome). Aposte em tomate, pepino, rabanete, espinafre, alho-poró, bagem, couve, cogumelo, aipo, alface, endívias, acelga, beringela, abobrinha, pimentões e palmito.

Evite: Batata, arroz, milho, ervilha, grão-de-bico, lentilha, feijão, cenoura e beterraba.

Alimentos autorizados:

Todos os da segunda-feira + legumes.

Para manter o foco de nossa dieta, na terça-feira vamos aumentar em 10 minutos nossa caminhada, perfazendo um total de 30 minutos desta vez.

frutas

Quarta-feira

Acrescentemos como novidade uma (só uma!) porção de frutas por dia. Isso equivale a um copo americano de morangos ou framboessas, uma laranja média, 2 figos, 2 kiwis médios, uma maçã ou pêra (média ou grande), uma fatia de 2 centímetros de abacaxi, 1/2 melão, uma fatia de melancia, meia manga ou mamão.

Dica: consuma a fruta após a refeição, pois o açúcar (frutose) será absorvio mais lentamente.

Evite: banana, uvas, frutas secas e oleaginosas como nozes, amêndoas ou amendoim.

Alimentos autorizados:

Os dos dias anteriores + a porção de fruta escolhida

Novamente, no terceiro dia, faça uma caminhada de 30 minutos.

pão integral

Quinta-feira

Acrescente duas fatias de pão integral. Vai comê-lo no café da manhã? Recheie com um omelete ou com presunto de peru e um pouco de queijo fresco com 0% de gordura. Nada de passar manteiga ou geléia, certo?

Alimentos autorizados:

Os dos dias anteriores mais duas fatias de pão integral.

Sem tempo para preguiça: caminhada de 30 minutos novamente.

queijo

Sexta-feira

Vamos acrescentar uma porção (40g) de queijo com até 50% de gordura. Vale o bom e popular parmesão, o gouda holandês, queijos franceses como o comté, e os fermentados como o queijo de cabra e brie, por exemplo.

Alimentos autorizados:

Os dos dias anteriores + uma porção de 40 g de queijo. E não vamos esquecer dos 30 minutos de caminhada da sexta-feira.

milho

Sábado:

Novidade: uma porção de feculentos. Você pode escolher entre 210g de lentilha, feijão, ou grão-de-bico; ou 200g de quinoa; ou 190g de masa cozida “al dente” ou de milho (espiga ou grelhado); ou 170g de massa mole cozida ou de arroz integral; ou 150g de arroz branco ou 140g de batata com casca; ou 80g de purê de batatas.

Alimentos autorizados:

Os dos dias anteriores + os feculentos de sua escolha.

Caminhada:

No Sábado a caminhada é um pouco diferente: de uma hora (duas vezes de 30 minutos ou três vezes de 20 minutos). Caminhe logo após a refeição em que ingerir os feculentos.

refeição de gala

Domingo

No Domingo você tem direito a uma refeição de gala. Apenas uma refeição deste dia pode ser assim. Fique livre para escolher a entrada, o prato principal e sobremesa. ale também uma taça de vinho. Mas atenção: a porção autorizada de feculentos conta nessa refeição, ok?

Alimentos autorizados

Proteínas, legumes, uma porção de fruta, duas fatias de pão integral e uma porção de queijo, mais a refeição de gala.

Caminhada

Novamente uma caminhada de 1 hora. “O importante é fazer uma parte da caminhada depois da refeição de gala”, diz Dukan.

Para todos os dias:

  • Tome de um a 1 1/2 litro de água;
  • Consuma 1 e 1/2 colher (sopa) de farelo de aveia. Você pode comê-lo na forma de panqueca.
  • Além da água, Dunkan propõe uma bebida termogênica. Prepare uma infusão com 15g de folhas ou pó de chá-verde para 1 litro de água. Adicione uma pitada de pimenta-de-caiena em pó, o suco de 1/2 limão e de 2 a 4 colheres (café) de sucralose. Beba o chá gelado. Na Segunda-feira, tome a bebida em 5 porções ao longo do dia. De terça a sexta-feita, tome 1/2 litro em cada refeição principal. No sábado e domingo, a receita deve ser feita com 20 folhas de chá-verde, duas pitadas de pimenta-de-caiena, um limão taiti pequeno e 4 colheres (café) de sucralose. Beba em cinco porções ao longo dos dias.

Para não voltar a engordar

Fase de consolidação

Ao chegar ao peso ideal, essa fase evita que infle novamente. Ela leva 10 dias para cada quilo perdido. Divida-a em duas partes iguais (em ambas, coma só proteínas às quintas e mantenha a caminhada).

  1. todos os alimentos proteicos e os legumes + uma fruta por dia + duas fatias de pão integral + uma porção (40g) de queijo com pouca gordura + uma porção de feculentos por semana + 1 refeição de gala por semana.
  2. repete a parte 1, mas acrescentando uma fruta, uma porção de feculentos e uma refeição de gala por semana.

Fase de Estabilização

Para a vida toda! Aos alimentos permitidos na fase de consolidação, some 3 colheres (sopa) por dia de farelo de aveia e mantenha a quinta-feira protéica. Caminhe 20 minutos por dia e procure subir escadas ao invés de pegar o elevador.

Acelerare o metabolismo para emagrecer e perder medidas

Boa parte das mulheres que pertence ao grupo das eternas guerreiras contra a balança já culpou ao menos uma vez, o metabolismo “lento demais” pela dificuldade de emagrecer. De fato, algumas pessoas queimam calorias em um ritmo mais rápido do que outras. A boa notícia é que, com alguns ajustes no seu estilo de vida, é possível trocar a marcha e aumentar essa velocidade. Assim, será mais fácil queimar calorias e manter a boa forma. “É preciso procurar oportunidades para estar sempre na ativa”, recomendam as nutricionistas americanas Lyssie Lakatos e Tammy Lakatos Shames, autoras do livro “Acelere seu metabolismo – Nove Princípios Comprovados para Queimar Gorduras e Perder Peso para Sempre” (Editora Best Seller), lançado em Novembro de 2005.

O metabolismo é um conjunto de mecanismos químicos que produz energia suficiente para manter o corpo funcionando. Do total de energia gasto por uma pessoa em um dia, entre 65% e 70% são usados apenas nas funções vitais, como respirar, bater o coração, manter a temperatura corporal, etc. É o chamado metabolismo basal. “Há indivíduos que, por questões genéticas, disfunções hormonais e outras doenças, podem ter um gasto maior ou menor para a mesma função.”, explica Sandra Villares, endocrinologista do Hospital Edmundo Vasconcelos e chefe do Ambulatório de Obesidade Infantil do Hospital das Clínicas de São Paulo. É por isso que existem pessoas magras, que comem de tudo e não engordam de jeito nenhum. Segundo Sandra, de 10% a 12% do consumo de energia total são utilizados no gasto termogênico dos alimentos – ou seja, é a cota que o corpo precisa para processar o que se come, das mastigação até a absorção pelo organismo. Para o endocrinologista e nutrólogo João César Castro, esse dado justifica a tese defendida por muitos especialistas de que a dieta fracionada (comer de cinco a seis pequenas refeições por dia) é mais indicada para quem quer emagrecer. “O organismo terá de trabalhar mais vezes para processar um maior número de refeições. Os lutadores de sumô, que precisam ser gordos por exemplo, comem apenas uma vez ao dia”, afirma ele.

metabolismo

Para perder peso, não dá para ficar parada

Na conta geral do gasto metabólico, praticar exercícios pode fazer toda a diferença: ao exigir mais do corpo, a atividade física em feral pode responder por até 40% do gasto diário de energia. “Se o objetivo é aumentar a queima de gordura excedente, devem-se fazer exercícios aeróbicos no mínimo três vezes por semana”, diz Reginaldo Ghilardi, coordenador de musculação da academia Competition, de São Paulo, “Mas são os músculos os grandes responsáveis pela aceleração do metabolismo. Por isso é preciso acrescentar um treino de musculação na mesma frequência.”

Mas saiba que quando se fala em atividade física não se considera apenas o que se faz na academia. Para dar conta de qualquer tipo de movimentação, o corpo precisa consumir energia. Portanto, no dia-a-dia, vale caminhar mais, subir mais escadas, ver TV sentada em vez de deitada, ficar algumas vezes em pé em vez de sentar. Não se deve desperdiçar nenhuma chance de se mexer.

Hábitos que fazem a diferença para acelerar o metabolismo e ajudar a emagrecer

  • Ficar em pé durante dez minutos em um momento do dia em que você normalmente estaria sentada vai evitar que ganhe um quilo em um ano;
  • Se caminhar quatro quarteirões para chegar ao seu trabalho todos os dias, você vai perder um quilo ao final de um ano;
  • Subir dois lances de escada em vez de pegar o elevador evita ganhar um quilo a mais em um ano;
  • Descarregar os sacos do supermercado um a um é uma ótima pedia, pois cada viagem até o carro queima mais algumas calorias. E sacos pesados representam um benefício a mais: quanto maior a carga, mais calorias são queimadas;
  • Quando precisar ir ao banheiro no trabalho, use as escadas e vá no andar de baixo – e aumente assim seu gasto diário;
  • Sente-se eretamente no sofá em vez de deitar-se para ler ou ver TV. Fazer isso duas horas por dia equivale à perda de um quilo e meio durante um ano.

Mas ainda há outros truques que, se forem incorporados aos seus hábitos cotidianos, ajudam a acelerar o metabolismo. Por exemplo, nunca adote “dietas” de fome”, pois uma das funções do metabolismo é proteger o corpo de longos períodos sem alimento. “Quando ele deixa de receber alimento, diminui o ritmo para poupar as reservas”, explica a médica Sandra.

Emagreça com uma dieta balanceada e água

As refeições devem ser sempre balanceadas, contendo os três grupos alimentares. “O carboidrato fornece energia para o corpo e queima a gordura”, explica Cyntia Antonaccio, nutricionista da Equilibrium Consultoria em Nutrição e Bem-Estar. “E, para cumprir sua função no organismo (basicamente criar anticorpos e fornecer músculos), a proteína precisa da presença do carboidrato.” Deve-se dar preferência aos alimentos “de melhor qualidade”, como os ricos em fibras. Mais: “Há pesquisas que apontam o chá-verde como um bom acelerador do metabolismo. Por aumentar a temperatura do corpo, o gengibre, e a pimenta também podem colaborar.”

Outras dicas são ter oito horas de sono de qualidade e beber muita água – organismo hidratado garante o bom funcionamento dos órgãos. “Além disso, a água ajuda a eliminar as toxinas e tudo aquilo que o metabolismo queimou”, diz João Cesar Castro.

Emagreça com a dieta do suco verde com gengibre

Emagreça e combata a gordura no fígado

Aprenda a fazer um suco verde com gengibre e mais sete dicas que ajudam a enxugar a barriga e a manter o órgão saudável.

Conhecida como esteatose hepática, o cúmulo de gordura no fígado traz muitos problemas à saúde. Mas algumas mudanças na alimentação ajudam a evitar o problema e até a acabar com ele. Conheça melhor a doença e veja quais atitudes adotar para deixar esse órgão saudável e ainda perder peso.

suco verde gengibre

Quais as causas da esteatose?

A principal é a obesidade, mas pessoas magras ou com sobrepeso que apresentam acúmulo de gordura na região abdominal também podem ter esteatose hepática. A doença está relacionada a alterações no colesterol, nos triglicérides e à resistência à insulina, que provoca diabetes tipo 2. As outras causas são excesso de bebida alcoólica e hepatites virais em atividades, como hepatite C e hepatite B.
Heládia Pessotti de Campos Simião
endorinologista do Centro Integrado de Prevenção do Envelhecimento (Cipe)

Quais os riscos da esteatose?

A esteatose pode inflamar o fígado e desencadear a cirrose, um problema grave que compromete as funções do órgão e às vezes leva ao câncer. No estágio de cirrose, o fígado não consegue dar conta de eliminar bem as toxinas do organismo. Elas se acumulam e provocam diversos danos, como confusão mental. A esteatose também fa o fígado deixar de produzir algumas substâncias, como a que ajuda na coagulação e evita sangramentos. Como a doença não apresenta sintomas é preciso fazer checkup com frequência para detectá-lo no início.

Pode até levar alguns anos até aparecer algum sinal. Quando isso acontece, já pode haver comprometimento grave e irreversível do fígado.

Sete hábitos para adorar hoje!

Perder peso e seguir uma alimentação saudável são atitudes que ajudam a eliminar a gordura do fígado. Veja o que fazer.

  1. Tome suco verde no café da manhã. Bata no liquidificador 1 copo de água + 1 folha de couve + 1 limão com casca (como na limonada suíça) + 1 col. (sopa) de óleo de linhaça extravirgem + 1 rodela de gengibre. Coe, acrescente adoçante se quiser e beba.
  2. Tome chá de dente-de-leão, que desintoxica o fígado. Quer uma receita saborosa? Ferva 1 litro de água com 1 pau de canela por 3 minutos contados a partir da ebulição. Desligue, adicione 1 col. (sopa) de dente-de-leão, tampe e deixe descansar por 10 minutos. Coe e beba durante o dia.
  3. Invista nas gorduras do bem. Fontes de ácidos graxos monoinsaturados ajudam o fígado a “emagrecer”. Por isso, vale a pena incluir salmão, castanhas e azeite no cardápio.
  4. Aumente a ingestão de proteínas vegetais, como farelo de trigo, aveia, frutas e verduras, que ajudam a desintoxicar. Consuma mais hortaliças brássicas, como couve-flor, repolho, brócolos, couve-manteiga, couve-de-bruxelas, mostarda, nabo, agrião, rabanete e rúcula. Também conhecidas como crucíferas, elas fornecem nutrientes que fazem bem ao fígado e ajudam a desinflamá-lo.
  5. Evite carboidratos refinados, como açúcar e farinha branca, e bebidas alcoólicas, acumuladores de gordura no fígado. Prefira massas integrais, mas com moderação.
  6. Deixe de lado outros alimentos calóricos, como doces, salgadinhos, embutidos, refrigerantes e sucos prontos. Pegue leve também com produtos industrializados e com conservantes.
  7. Maneire nas gorduras do mal. O consumo exagerado de frituras, manteiga e de carne vermelha (principalmente os cortes gordos, como picanha e cupim) representa a ingestão de muita gordura saturada. O resultado? Você engorda e seu fígado também!

Azeite, salmão e castanhas ajudam a eliminar a gordura do fígado. Adotar uma alimentação com menos carboidrato rafinado é uma boa, viu?

Berinjela contra o colesterol

berinjela dieta contra o colesterol

berinjela é muito nutritiva

Ela ainda possui magnésio, que participa na formação dos ossos; zinco, que atua no sistema imunológico; é fonte de vitaminas B1, B2 e C, que trabalham no metabolismo de gorduras, carboidratos e proteínas.

berinjela ajuda a manter o colesterol sob controle

“O suco de berinjela ajuda a reduzir a absorção de gordura e colesterol dos alimentos no intestino. Com isso, o colesterol total fica sob controle.”

Suco de berinjela

Ingredientes

  • 200 ml de suco de laranja;
  • 1/3 de cenoura cortada em rodelas;
  • Suco de 1/2 limão;
  • 1/3 de berinjela.

Modo de preparar o suco de berinjela

Bata tudo no liquidificador e tome sem adoçar.

Indicações

Por manter o colesterol em dia, o suco ajuda a prevenir problemas cardíacos e ainda auxilia na saciedade.

Curvas no lugar

Pouco calórico, esse legume ajuda na dieta. Por ser rica em fibras, a farinha de berinjela auxilia no controle da saciedade.

Casca poderosa

É na casca que está concentrada a maior parte das fibras, que ainda fazem o intestino funcionar! Xô, inchaço!

A casca do legume também contém muitos nutrientes, entre eles as antocianinas, antioxidantes superimportantes para evitar o aumento do colesterol ruim!

Dieta do Gengibre em Pó para Emagrecer

Um ótimo anti-inflamatório, um termogênico potente e um antioxidante poderoso. Esse é o gengibre em pó, aliado da dieta que pode ser consumido todos os dias em sucos, chás ou misturado na água. Barato e fácil de encontrar, ele pode ajudá-la a eliminar até 1 kg por semana.

“Quando chega ao organismo, o gingerol presente no gengibre entra em ação. Essa substância atua na limpeza das células”
Andrezza Botelho, nutricionista

chá de gengibre

Além disso, o tempero acelera a queima de gordura! Por isso é ótimo para tratar celulite. Que tal?

Um ingrediente, muitas vantagens

O gengibre possui mais de 400 substâncias com propriedades expectorantes, digestivas e até afrodisíacas. “Juntas, elas têm ação terapêutica e protegem o organismo de bactérias e fungos”, diz Andrezza.

Elimina toxinas

O óleo essencial do gengibre, rico em cafeno, felandreno e zingibereno e izngerona, estimula as enzimas do fígado, que elimina as toxinas do organismo. Quando isso acontece, o sinal da saciedade vem mais rápido, evitando que você coma demais.

Ação termogênica

O gingerol, responsável pelo sabor picante do gengibre, tem ação termogênica: acelera o metabolismo e apressa a queima de calorias. Isso ajuda a perder medidas mais facilmente e a deixar a pele lisinha e sem celulite.

Previne gripes

Segundo Andreza, o gengibre é um dos melhores anti-inflamatórios naturais que existem. Ele fortalece a imunidade e evita até doenças cardiovasculares.

Diminui gases

Com substâncias que melhoram a digestão, ele combate gases. Assim, quando abusar de comidas que estimulam a formação de gases, como feijão, coloque uma colh1,35er (chá) do tempero na salada.

Como usae o gengibre em pó na dieta para emagrecer?

A dica é usar duas colheres (chá) de gengibre em pó por dia. “Não interessa se for em uma xícara ou diluído em 2 litros de água, o que vai emagrecer mesmo é o gengibre. Sugerimos misturá-lo com suco ou fazer chá para que o líquido não fique tão forte a ponto de a pessoa não conseguir tomar”, afirma Andrezza. Segundo ela, essa quantidade de tempero tem 57 cal e 1,35 g de proteína (mais do que um filé de frango médio). “Só não ultrapasse a quantidade indicada, pois pode causar incômodos no estômago”, alerta a nutricionista.

Receitas com tempero para acelerar o metabolismo

suco de gengibre e limão

Suco Detox com Gengibre

Ingredientes

  • 1 abacaxi pequeno;
  • 1 litro de água;
  • 1 col. (chá) cheia de gengibre em pó;
  • 1 col. (sopa) de raspas de limão;
  • De 5 a 10 folhas de hortelã (a gosto).

Modo de preparo:

Descasque o abacaxi e corte em cubinhos. Adicione a fruta no liquidificador com a água, o gengibre em pó, as raspas de limão e as folhas de hortelã e bata tudo. Dica: beba todo o suco de gengibre ao longo do dia. Além do limão e do abacaxi, você pode usar frutas, como laranja, melão e melancia.

Chá de gengibre com limão

Ingredientes:

  • 1/2 litro de água;
  • 1 col. (chá) cheia de gengibre em pó;
  • 4 cravos-da-índia;
  • Suco de 1/4 de limão;
  • 1 pitada de noz-moscada;
  • 1 col. (chá) de canela em pó.

Modo de preparo

Aqueça a água e coloque o gengibre e os cravos-da-índia. Espere 5 minutos, acrescente o suco de limão, a pitada de noz-moscada e a canela em pó. Se quiser, você pode coar a mistura. Beba quente ou gelado.

O que fazer para a dieta para emagrecer dar certo?

Como fazer para seus esforços para emagrecer terem bons resultados

Você sab e como surgem aqueles quilinhos extras que insistem em ficar em seu corpo? Eles aparecem porque há um desequilibrio entre a quantidade de calorias que você ingere através dos alimentos e a quanti que seu organismo gasta durante o dia. A tática mais comum, então, para se livrar do excesso de peso é reduzir a ingestão de calorias e fazer atividades onde elas possam ser eliminadas, como nos exercícios físicos.

alimentos para emagrecer

Mas não pense que somente com uma dieta tudo estará resolvido. Por um acaso você já não fez um regime e tempos depois engordou novamente? É por isso que o ideal é investir em uma reeducação alimentar e no hábito de se exercitar para que os resultados da dieta se prolonguem.

Você não deve encarar o regime como um período de castigo, de privação, mas sim como um estilo de vida saudável. Também não se preocupe se você demora um pouco mais para perder peso do que alquela sua amiga, o importante é eliminar o excesso de peso de maneira definitiva e instantânea.

Qual a dieta ideal para emagrecer?

O regime ideal para emagrecer é aquele bem balanceado, que permite o consumo de todos os alimentos importantes para o bom funcionamento do seu corpo. A quantidade de calorias diária permitida por ele deve estar de acordo com a necessidade de seu organismo, para que você não seja prejudicada.

Como ficar magra para sempre?

Para que os resultados de sua dieta sejam permanentes, você terá que mudar seus hábitos para sempre. A alimentação equilibrada terá que fazer parte de sua vida. Comer em horários corretos, não pular refeições e, principalmente, não perder a determinação e a perseverança podem garantir os bons resultados do regime para sempre. Persista para atingir seu objetivo.

Coma com a razão e não com o coração

Antes de ingerir algum alimento, pense porque está fazendo isso. É fome mesmo? É ansiedade? Veja se não é alguma necessidade emocional que está dominando você. Agir dessa maneira pode evitar que muitas calorias sejam ingeridas e vários quilinhos sejam acumulados.

emagrecer

Domine a situação

Quem tem vida própria é você e não a comida, por isso é sua responsabilidade de escolher comer ou não. Esqueça aquelas desculpas esfarrapadas como “eu não resisti àquele bolo” ou “o brigadeiro estava sorrindo para mim”. Essas guloseimas sempre estarão saltando aos seus olhos, então uma atitude mais firme e a mudança de postura deve partir de você.

O que é proibido na dieta

Para sua dieta não ir por água abaixo, é melhor escolher um cardápio que não proíba o consumo de alguns alimentos, mas que permita a ingestão moderada deles. Mais uma vez valem os sábios ditados: “O proibido é mais gostoso” e “Nada é bom em excesso”. Então colocar na sua cabeça que você não poderá comer um doce, poderá deixá-la ansiosa e com mais vontade de degustá-lo. No entanto, se conseguir manter a calma, domar a ansiedade e fazer as escolhas certas, nada a impede de comer um docinho light sem prejudicar a sua dieta. Tudo é uma questão de bom senso. Isso significa que é bom controlar a ingestão de gorduras, refrigerantes, consumi-los com cuidado. Não só para manter a silueta, mas principalmente a sua saúde em bom estado.

Mania de perseguição

Chega de reclamar que nenhuma dieta dá certo para você. Será que a culpa não é sua pelas vezes que não atingiu o peso desejado? Pense bem. Talvez se lembre daquele dia onde comeu só umas 5 bolachinhas, um pouco mais de macarrão na hora do almoço e um pedaço a mais de bolo na festinha de aniversário de alguém. Não transfira a responsabilidade para o cardápio. Ela é sua!.

exercicios para emagrecer

Mexa-se

Se desejar perder peso, você terá que, além de controlar a boca, fazer alguma atividade física. É isso mesmo. Ficar sentada em casa de nada vai adiantar, ou acha que as calorias serão eliminadas num passe de mágica? Com certeza não. Você terá que suar muito para que elas deixem o seu corpinho. Então está esperando o que para praticar um exercício? Mãos à obra garota!.

Diga não à tentação de quebrar o regime para emagrecer

O que os olhos não vêem, o estômago não sente. Então, nada de ficar guardando em seu armário bolachinhas, docinhos, chocolates. E nem adianta dizer que é para oferecer a quem for em sua casa algum dia. Toda vez que abrir a dispensa e encontrar essas delícias hipercalóricas ficará tentada a comê-las e, um belo dia, pode colocar todo seu esforço para emagrecer a perder.

Além da comida

Para evitar pensar só em comida, procure desenvolver outras atividades. Faça caminhadas, ouça música, saia com seus amigos, realize trabalhos manuais, coisas que ocupem seu tempo ao máximo e a impeçam de pensar 24 horas na batatinha frita e nos doces tentadores. Dando atenção a outras atividades, não vai ter tempo de sentir fome.

Como reduzir a gordura e emagrecer com semente de chia

Chia é a semente da vez para emagrecer com saúde

Contém ômega 3, fibras, cálcio, magnésio, potássio e proteínas. Portanto está comprovado que consumir diariamente (com moderação) traz diversos benefícios para a saúde. Mas você sabe como preparar? Os grãos podem ser encontrados in natura ou nas versôes óleo e farinha.

Veja algumas dicas de uso:

  • semente de chia in natura: os grãos podem ser consumidos com frutas, iogurtes, ou puros mesmo.
  • Óleo de chia: Uma ótima dica é usar como tempero para saladas.
  • Farinha de chia: Pode substituir a farinha de trigo em pães e bolos. Você pode também adicionar uma colher no preparo de iogurtes, vitaminas e saladas. Também pode ser usada no preparo de mingau, sopas e sucos.
  • Semente de chia em forma de gel: deixe uma colher de sopa da semente de molho em 60 ml de água durante aproximadamente 30 minutos. O ideal é consumir o gel assim que ele estiver formado, não sendo recomendado guardar a mistura para comer depois. Depois que a goma é formada, você pode consumi-la na forma pura sem acompanhamentos (ainda que seja pouco comum) ou usá-la no preparo de mingau, sopas, batida em sucos ou em receitas de bolo e até adicionando à molhos de massas, por exemplo.
    Substitua os ovos das receitas: o gel formado pela chia pode ser um ótimo substituto do ovo em receitas. Misturando uma colher de sopa da farinha de chia com 60 ml de água, você obtém uma quantidade de gel suficiente para substituir um ovo em qualquer preparação.

semente de chia

Como fazer suco de clorofila para emagrecer

A clorofila, pigmento que dá a cor verde para plantas e é vital para a fotossíntese, permitindo as plantas para obter a energia da luz também tem o poder de dar vida ao nosso corpo. No corpo humano, a clorofila tem o poder desoxidante, que elimina toxinas melhorando a saúde e também ajuda a emagrecer com saúde.

O suco de clorofila é rico em cálcio, vitamina A, B, C, fibras, magnésio, potássio, ferro. Estas substâncias verdes são cheias de nutrientes que ajudam na cura de seu corpo traves de oxigênio. Quando tomamos o famoso suco de clorofila, nossa contagem de hemoglobina é elevada e como resultado a nossa circulação sanguínea melhora e temos mais energia e disposição.

Food Thinkers / Foter.com / CC BY-NC-SA
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE